Carnaval no Parque de Exposições em Patos de Minas tem briga generalizada e prisões

Os envolvidos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil

Notícias | Policiais

12 Fevereiro, 2024

0

Carnaval no Parque de Exposições em Patos de Minas tem briga generalizada e prisões


Neste domingo (11), por volta das 21h40, a Polícia Militar foi acionada a comparecer no Parque de Exposição Sebastião Alves do Nascimento, onde estava ocorrendo um evento carnavalesco. Ao chegar no local, a equipe deparou com uma briga generalizada, em frente ao portão de entrada. Neste momento, os militares realizaram uma intervenção.

Um dos autores, um jovem de 20 anos, estava bastante agressivo, aplicando chutes e socos nos demais envolvidos, que revidavam os golpes, sendo que um rapaz aplicou golpe de estrangulamento em outro autor de 22 anos.

Após os militares darem ordens em alta voz com o autor de 20 anos para cessar as atitudes, ele desobedeceu e foi necessário utilizar técnicas de imobilização com torção de seus membros e golpes traumáticos para que pudesse parar as atitudes e conte-lo.

Questionado, o autor de 22 anos, disse que estava no interior do parque, quando ele e outro autor de 20 anos iniciaram uma discussão por causa de uma garota. Ao sair para a área externa do parque o autor começou a lhe provocar e começou a agredi-lo com chutes e socos, tendo ambos entrado em luta corporal.

O jovem de 22 anos, sofreu uma lesão na mão direita com um pequeno hematoma e recusou-se a passar por atendimento médico.

O jovem de 20 anos, disse que estava no interior do parque e ao sair para a área externa, o outro rapaz e alguns amigos lhe cercaram e começaram a questionar se ele estava provocando eles, momento em que um deles lhe deu um tapa no rosto, vindo a reagir iniciando a briga.

O rapaz de 20 anos apresentava uma lesão na testa do lado esquerdo, acima dos olhos, recusando atendimento médico. 

Todos os autores apresentavam sintomas de embriaguez.

A mãe do autor de 20 anos esteve na delegacia e acompanhou o registro da ocorrência. Segundo ela seu filho faz uso continuo de medicação controlada em razão de transtornos psicológicos e mentais, sendo expressamente inadequado o uso de álcool, motivo pelo qual apresentou estado agressivo, agitado e descontrolado.

Diante dos fatos, os autores foram conduzidos presos para as demais providencias. Ficando a disposição da autoridade policial.

Redação: Clube Notícia

Vanderlei Gontijo

vanderlei@patos1.com.br




COMENTÁRIOS (0)