Polícia Militar Ambiental encaminha dois homens por pesca predatória no Rio da Prata

Foram apreendidos 13 quilos de peixes. Duas motos também foram encaminhadas para o pátio do Detran por estarem com os chassis raspados.

Notícias | Policiais

27 Fevereiro, 2024

0

Polícia Militar Ambiental encaminha dois homens por pesca predatória no Rio da Prata


A Polícia Militar Ambiental durante patrulhamento na tarde desta segunda-feira (26/2) no Rio da Prata, no município de Presidente Olegário, conduziu dois pescadores de 56 e 59 anos, para a delegacia de Patos de Minas.

De acordo com a PM Ambiental, durante o trabalho com o intuito de inibir a prática de pesca ilegal no local, devido ao período da Piracema, os policiais depararam com dois pescadores. Com a dupla foi apreendido aproximadamente 13 quilos de peixes das espécies mandi, matrinxã, dourado, curimba, pacu, traíra e cascudo, a maioria dos pescados abaixo do tamanho permitido.

Os militares apreenderam ainda, duas tarrafas, uma rede e duas motocicletas com os chassis adulterados (raspados).

Diante dos fatos, os pescadores foram presos em flagrante e conduzidos para a Delegacia de Plantão na cidade de Patos de Minas. As motos foram conduzidas para o pátio credenciado do Detran em Presidente Olegário.

Segundo a Polícia Ambiental, o pescado foi avaliado por um médico veterinário e considerado impróprio para o consumo humano, sendo descartado no aterro sanitário.

Os militares lembram a população que o período da Piracema segue até a próxima quinta-feira (29/2), mas a pesca no Rio da Prata é permanentemente proibida.

Por Hamilton Amorim

Vanderlei Gontijo

vanderlei@patos1.com.br




COMENTÁRIOS (0)