Patos 1
Sábado, 27/05/2017

12:37

34 99793-4633

Família aciona polícia após filha apoderar de cartões bancários de mãe e irmã doente e gastar mais de 10 mil

Patos 1 - Família aciona polícia após filha apoderar de cartões bancários de mãe e irmã doente e gastar mais de 10 mil

Um caso de família tem deixado as autoridades e a população de Carmo do Paranaíba intrigados. Duas pessoas acionaram a Polícia Militar na tarde da última terça-feira (10/04), após uma de suas irmãs se apoderar dos cartões de movimentação das contas bancárias de mãe e de uma filha com sérios problemas de saúde.

Segundo informações tudo começou quando a filha Alessandra Ferreira pediu a mãe Cornélia Maria de Melo, 73 anos, que lhe fosse entregue o cartão e a senha para comprar um portão para a residência da idosa. A mulher com dificuldades para se locomover lhe entregou o cartão desde que ela devolvesse. O fato teria acontecido há aproximadamente dois meses atrás.

Os irmãos da acusada desconfiados que a mulher estivesse efetuando saques e gastando o dinheiro da aposentada sem a devida autorização resolveram procura-la e solicitaram que fossem devolvidos os cartões, mas Alessandra se recusou e disse que não iria devolvê-los.

A PM foi acionada e registrou o boletim de ocorrência. Procurada pelos policiais a autora não foi localizada. Já a idosa e um filho se deslocaram até o banco na tentativa de bloquear e verificar o saldo da conta. Ao conferir o extrato ficou constatado que havia somente o valor de R$19.598,03 de um saldo que anteriormente seria de R$36.000,00.

Segundo informações eram dois cartões de aposentadoria e um de conta poupança. Dois cartões pertenciam à mãe e o outro era da filha que é acamada e especial. A moça havia recebido um depósito no valor de R$36.000,00 referentes a acertos realizados pelo INSS que foram depositados na conta de poupança da senhora Cornélia.

Através dos extratos bancários ficou evidente a realização de diversos saques na referida conta. Diante do fato a Alessandra chegou a fazer um post em uma rede social (facebook) dizendo que está sendo injustiçada pelos irmãos e espera que justiça seja feita. Segundo ela, ainda através do post na rede social, a mesma procurou o apoio na promotoria. 

Matéria: Nilson D.Souza/Fonte:tonamidia

Vanderlei Gontijo
vanderlei@patos1.com.br
11/04/2017


COMENTÁRIOS

patos1@patos1.com.br

iTSITES Tecnologia