Patos 1
Terça, 25/04/2017

07:36

34 99793-4633

Lagoa Formosa: multidão de fiéis acompanha encenação da paixão e morte de cristo na Praça da Matriz

Patos 1 - Lagoa Formosa: multidão de fiéis acompanha encenação da paixão e morte de cristo na Praça da Matriz

Uma multidão de fiéis como acontecem todos os anos, acompanhou a celebração de sexta-feira Santa na cidade de Lagoa Formosa. A estrutura para a realização do teatro foi montada em frente à entrada principal da Igreja Matriz, especialmente para a encenação da “paixão e morte de Cristo”. O Pároco da cidade, Padre Hemerson Rubens, foi o responsável pela celebração que teve início às 19h00 horas e término por volta das 21h30. Neste ano de 2017, a sexta-feira da paixão aconteceu no dia 14 de abril.

Após milhares de pessoas acompanharem atentamente a realização do teatro, onde aproximadamente 40 atores representaram o sofrimento de Jesus Cristo, o pároco deu início da pregação falando sobre a morte e ressureição de Jesus Cristo, sendo que em seguida aconteceu como de costume a procissão. O cortejo percorreu várias ruas do centro da cidade e voltou ao local de onde havia partido.  

A sexta-feira Santa, ou 'sexta-feira da paixão', é a sexta-feira antes do domingo de páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos. Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao dia 14 de Nisã, no calendário hebraico. A mesma tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte. Assim, contando a partir do domingo, e sabendo que o costume judaico, tal como o romano, contava o primeiro e o último dia, chega-se à sexta-feira como dia da morte de Cristo.

Na Igreja Católica, este dia pertence ao Tríduo pascal, o mais importante período do ano litúrgico. A Igreja celebra e contempla a paixão e morte de Cristo, pelo que é o único dia em que não se celebra, em absoluto, a Eucaristia. Por ser um dia em que se contempla de modo especial Cristo crucificado, as regras litúrgicas prescrevem que neste dia e no seguinte (sábado santo) se venere o crucifixo com o gesto da genuflexão, ou seja, de joelhos. No entanto, mesmo sem a celebração da missa, tem lugar, no rito romano, uma celebração litúrgica própria deste dia.

Vanderlei Gontijo
vanderlei@patos1.com.br
14/04/2017

Galeria de Fotos



COMENTÁRIOS

patos1@patos1.com.br

iTSITES Tecnologia