Patos 1
Domingo, 17/12/2017

00:20

34 99793-4633

Homem esfaqueia e mata duas pessoas e deixa uma ferida em noite de terror em Patos de Minas

Patos 1 - Homem esfaqueia e mata duas pessoas e deixa uma ferida em noite de terror em Patos de Minas

O crime bárbaro aconteceu no  apartamento 105 do edifício Monte Carlos que fica na Rua João Cunha no Bairro Caiçaras. Após desconfiar de uma suposta traição da mulher, o ex-marido, Pedro Queiroz Gonçalves,  de 29 anos, foi até o apartamento e a matou a facadas. O irmão dela foi morto e a irmã esfaqueada gravemente.  

Para a Polícia Militar, Pedro Queiroz Gonçalves  de 29 anos disse que premeditou o crime. Ele teria amolado a faca e ido até o apartamento onde  Darck Raab Souza Nascimento Queiroz de 24 anos residia com os irmãos. Após conversar com ela na garagem, Pedro a matou com diversas facadas. 

A irmã dela, Damaris Souza do Nascimento, ouviu os gritos de socorro da irmã e desceu a escada correndo, gritando por ajuda. Ela deparou com Pedro, que também a esfaqueou. Depois, ele foi até o apartamento dos três irmãos e esfaqueou Abner Calebe  Souza do Nascimento de 20 anos até a morte. 

Após o crime, Pedro saiu do local e se entregou na delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas entregando a faca usada nos crimes. Em entrevista, Pedro disse que foi ao apartamento onde atualmente Darck residia já com a intenção de matá-la.  Ele disse que descobriu que ela estava o traindo com o colega de serviço, então ficou descontrolado e resolveu tirar a vida dela.

Pedro disse que teria descoberto a traição através de conversas da ex-esposa com o colega de trabalho no aplicativo Whatsapp. Ele conectou o celular dela e através do próprio computador, ele ficava monitorando as conversas dela com o amante.

O ex-marido disse que separou de Darck na semana passada. Nesta madrugada de quinta-feira, Pedro foi até o prédio e mandou uma mensagem, chamando Darck para conversar. Ao sair para a garagem da casa, Pedro se desentendeu com ela e começou a esfaqueá-la. Depois, com a própria faca, ele rasgou todas as vestes dela, deixando-a nua.

Durante a ação, Damaris escutou a irmã gritar pedindo por socorro. Ao descer a escada foi atacada por Pedro. Damaris foi atingida com vários golpes de faca pelo corpo e ficou gravemente ferida.

Descontrolado, Pedro subiu ao apartamento e matou o irmão delas, Abner Calebe Souza do Nascimento.  Marcas de sangue ficaram espalhadas por todas as partes do prédio. Após cometer os crimes, Pedro pegou o carro e se entregou na delegacia de Polícia Civil, entregando a faca que usou na ação. Os golpes foram tão violentos que a faca entortou.

Antes de se entregar a polícia, Pedro ligou e contou sobre o ocorrido para a mãe do trio, que mora no estado do Maranhão. “A mãe dela merecia saber o que tinha acontecido com os filhos dela”, disse Pedro.

Já na delegacia, bem mais calmo, Pedro disse que se casou com Darck no estado do Maranhão no ano de 2013, inclusive o casal tem uma criança de dois anos e oito meses. Essa menina está em Brasília, na casa dos avós paternos.

Ainda sobre os crimes, Pedro ressaltou: “Ela estava me traindo com o colega de serviço dela   eu tinha descoberto tudo. Tinha conversado com ela, pedi para ela mudar, pedi para ela sossegar e ela quis continuar. Não quis sair de casa e ela não me deixava quieto, não entendi qual era a dela”. Pedro disse ainda que não faz uso de drogas.

Moradores do prédio e da redondeza ficaram chocados com tanta barbaridade. O perito Marcelo Ferreira esteve no local para apurar a dinâmica dos crimes. Os corpos foram encaminhados para o IML de Patos de Minas.  

Ainda sobre as vítimas, todas são do estado do Maranhão e estavam morando em Patos de Minas desde 2014. Todas faziam faculdade no Centro Universitário de Patos de Minas – UNIPAM. Darck  cursava psicologia, Abner Calebe fazia Engenharia Elétrica e Damaris cursa Engenharia de Produção.

Vanderlei Gontijo
vanderlei@patos1.com.br
05/10/2017

Galeria de Fotos



COMENTRIOS

patos1@patos1.com.br

iTSITES Tecnologia